17/11/2017

Senador Serra lutará pela Nefrologia


image3

Em visita ao Instituto de Nefrologia de Suzano, o senador José Serra assumiu que a situação dos doentes renais crônicos no Alto Tietê é dramática e garantiu que lutará pelo reajuste da tabela SUS.
Ele esteve na cidade a convite do deputado Estevam Galvão, que ajudou a construir os Institutos de Suzano e Mogi das Cruzes. “A situação é dramática. Quando fui ministro da Saúde garanti que os procedimentos fossem pagos de acordo com o custo real. Hoje a diferença do repasse e do custo é de quase R$ 90 por sessão de diálise”, lamentou o senador.
Serra garantiu que debaterá o assunto em Brasília: “Vou tratar disso primeiro com o presidente Michel Temer e depois com o ministro da Saúde. Contem comigo!”.
Mais de 500 pacientes são atendidos pelas unidades de Mogi e Suzano. Outros 200 aguardam na fila de espera pelo tratamento na região. “Vamos buscar a ajuda do Governo do Estado também, verificar a possibilidade de repassarem um valor maior pela excelência no serviço prestado, assim como fazem como as OSs. Todos têm que ajudar. A saúde é um problema de todos nós”, afirmou Estevam.
Representantes da Associação dos Doentes Renais Crônicos do Alto Tietê entregaram ao senador um abaixo assinado com quase 27 mil assinaturas pedindo o reajuste da tabela SUS. O documento deverá ser entregue ao presidente da República.
Participaram da reunião os prefeitos Marcus Mello (Mogi das Cruzes) e Poá (Gian Lopes), além de secretários municipais de saúde da região, vereadores e representantes de entidades sociais.
Na oportunidade, o deputado Estevam reiterou ao senador o apelo para que o Governo Federal ajude Poá a manter os custos do Hospital Municipal Guido Guida. A unidade sofre com falta de recursos após a queda de mais de 40% no repasse do ISS.

Deixe um Comentário